quarta-feira, 14 de março de 2007

Altos e baixos


Maysa, em mais uma capa da Revista do Rádio, em maio de 1958. Nenhum cantor brasileiro havia cobrado um cachê tão polpudo quanto ela, que se tornou a artista mais bem paga do país. Mas aquele não foi um ano só de boas notícias. A biografia Maysa: só numa multidão de amores, com base nos diários íntimos, entrevistas e documentos históricos inéditos, vai contar os altos e baixos do início da carreira da cantora.