segunda-feira, 14 de maio de 2007

Maysa, no Diário de Pernambuco



Um furacão chamado Maysa

Biografia da cantora que fez a festa da imprensa marrom entre os anos 50 e 60 lança luz tanto sobre sua vida conturbada quanto sobre a construção de um mito

CAROLINA LEÃO

Com uma pesquisa minuciosa na imprensa da época, Lira Neto trouxe não somente a personalidade de Maysa, como a possibilidade de o leitor verificar o processo de construção de um mito, seja pelo seu próprio carisma seja pelo interesse da mídia em fabricar semi-deuses populares. No caso de Maysa, a rainha da fossa, as duas opções se aplicam.

(Diário de Pernambuco, 4 de maio de 2007)