quarta-feira, 13 de junho de 2007

Morre Carlos Alberto


Carlos Alberto e Maysa, em Maricá, nos anos 70

A imprensa noticiou, no último final de semana, a morte do ator Carlos Alberto, com quem Maysa viveu no início dos anos 70. Segundo o jornal O Globo, o fato ocorreu há cerca de um mês. Contudo, em seus últimos momentos, o ator havia pedido para que não se fizesse alarde sobre o assunto e, por isso, a notícia chegou ao público com atraso. Recluso em sua casa já havia algum tempo, longe dos holofotes da mídia, ele sofria de câncer e faleceu aos 81 anos.

Carlos Alberto foi um dos últimos entrevistados para a biografia Maysa: Só numa multidão de amores. Durante meses, tentei localizá-lo. Contudo, mesmo os antigos amigos pouco ou nada sabiam de seu paradeiro. Acabei descobrindo-o no Rio de Janeiro e fiz contato telefônico várias vezes. Em todas elas, ele pedia desculpas, mas alegava que seu delicado estado de saúde o impedia de conceder a entrevista para o livro.

Por fim, quando eu já estava terminando o trabalho, dei um último telefonema, já quase sem esperanças de conseguir seu depoimento. Para minha felicidade e surpresa, ele finalmente aceitou conversar comigo. Abriu-me o coração e falou, com saudades e carinho, sobre seu relacionamento com Maysa.

Não sei se chegou a ler o livro. Espero que sim. Mas é bem provável que não, pois, quando o volume ficou pronto, a doença que o vitimou já se encontrava em estágio avançado. De qualquer modo, fica aqui o agradecimento público a Carlos Alberto. Algumas das páginas da biografia Maysa: Só numa multidão de amores só puderam ser escritas graças à sua generosa colaboração.