terça-feira, 24 de novembro de 2009

Biografia vai ao Vaticano e ao cinema


"Em Juazeiro do Norte (CE), é possível comprar nas feiras de rua pequenos bonecos com a imagem do adorado Padre Cícero fabricados na China: eles cantam ao apertar de um botão. Sim, o padre é pop. Mas ainda busca redenção junto à Igreja, 75 anos após sua morte. Cícero foi afastado da hierarquia católica ainda em vida, em 1892, após uma polêmica envolvendo supostos milagres em Juazeiro. A tarefa de reincoporá-lo à tradição acaba de ganhar reforço de uma biografia, Padre Cícero - Poder, Fé e Guerra no Sertão (576 págs., 49 reais, Companhia das Letras), escrita pelo jornalista cearense Lira Neto."

Para ler a matéria completa, clique aqui.