sábado, 2 de janeiro de 2010

"Danado de bom", diz Tribuna do Norte



Padre Cícero: poder, fé e guerra no sertão, do escritor Lira Neto (Companhia de Letras) é o tal do livro que dá gosto o sujeito ler, um prazer danado de bom. Foi o que senti nestes últimos dias do ano que passou. Nem dei conta que são 557 páginas. A profunda e rica biografia do padre é escrita no estilo de uma bem elaborada reportagem. O autor, cearense, atualmente radicado em São Paulo, é jornalista, tem 46 anos de idade e uma obra de peso na literatura brasileira, incluindo aí um Prêmio Jabuti (2007) com o livro O inimigo do Rei: Uma biografia de José Alencar”.

Para ler o texto completo do jornalista Woden Madruga, clique aqui.