segunda-feira, 15 de março de 2010

Ecos de uma crônica indignada



Um coletivo de artistas de Fortaleza realizou ontem, domingo, 14 de março, uma grafitagem em protesto contra a violência na capital cearense. Segundo os organizadores do movimento, eles se sentiram provocados a interferir na paisagem da cidade após a leitura da crônica "A bala que matou Marcela", publicada pelo Diário do Nordeste na sexta-feira passada.

O mesmo Diário publica hoje, segunda-feira, 15, uma matéria a respeito do evento. Para ler, clique aqui.