terça-feira, 22 de maio de 2012

Rádio Catete: "Comendo bola"


A música de hoje é mais uma marchinha, dessa vez de Jaime Redondo, Hekel Tavares e Luiz Peixoto. "Comendo bola", interpretada pelo próprio Jaime Redondo e lançada em 1929, faz troça com o então candidato Getúlio Vargas, que com o apoio de Minas Gerais disputava a eleição presidencial, pela Aliança Liberal, contra o paulista Júlio Prestes.

Para ouvir, clique na seta do player abaixo:

 

Comendo bola
Jaime Redondo, Hekel Tavares e Luiz Peixoto

Gaúcho, meu irmãozinho,
Meu irmãozinho mineiro,
Seu Julinho é que vai ser.

Porque esse tal de Julinho
É um caboclo brasileiro,
Brasileiro como quê.

Tudo mais é gauchada,
Tudo mais não vale nada.
Meu irmãozinho gaúcho.

Tu amarra as cavalhadas,
Vendo as coisas mal paradas,
Não aguenta com o repuxo.

Getúlio, você está comendo bola.
Não se mete com Seu Júlio,
Não se mete com Seu Júlio,
Que seu Júlio tem escola.

Atrás do liberalismo,
Ninguém vá nesse cinismo.
É potoca, é brincadeira.

Eu conheço muito tolo
Que acabou levando bolo,
E bateu na geladeira.

Eles pensam, Seu Julinho,
Que esse povo é um zé povinho,
Que isso é pau de galinheiro,

Que sem nota e sem carinho
O Brasil anda sozinho
Porque Deus é brasileiro.

Getúlio, você está comendo bola.
Não se mete com Seu Júlio,
Não se mete com Seu Júlio,
Que seu Júlio tem escola.

FONTE: Álbum duplo "O Ciclo Vargas: Uma visão através da música popular", Sesc-SP/Fundação Roberto Marinho, 1983.