domingo, 24 de dezembro de 2017

Papai Noel: negro e gay



Santa Claus, ou seja, Papai Noel, é negro e gay. Aquele outro senhor de bochechas rosadas e olhos azuis, estampado em todas as propagandas e enfeites natalinos, é David Claus, seu respectivo marido.

Isso mesmo: Santa Claus e David Claus, dois senhores barbudos, gorduchinhos e de meia idade, são casados. Vivem juntos no Polo Norte, no topo do mundo, e mantêm um relacionamento homoafetivo e inter-racial amável e bem-humorado.

Dividem as tarefas domésticas, assistem à TV de mãos dadas, dançam ouvindo música no rádio. Passam as férias na praia, brincam com o cachorro, jogam peteca, plantam girassóis.

De vez em quando, um dorme deitado no colo do outro, no sofá. Papai Noel ressona sorridente, enquanto David Claus lê um livro, os pés agasalhados por pantufas cor-de-rosa com cara de coelhinho.

[...]

Texto publicado na Folha de S. Paulo em 24/12/2017.
Para ler na íntegra, clique aqui.